MOVE
Institucional 2
Banner Institucional 1

Conservatório de Tatuí divulga programação cultural do mês

Entre os destaques de fevereiro, estão as apresentações dos projetos contemplados no edital de ocupação artística, espetáculos de grupos de artes cênicas da instituição, recitais e o lançamento da 3ª edição da Revista BULI

Conservatório de Tatuí divulga programação cultural do mês

08/02/2024

O Conservatório de Tatuí – instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo e considerada a maior escola de música e artes cênicas da América Latina, gerida pela Sustenidos Organização Social de Cultura, anuncia programação cultural do mês de fevereiro. As apresentações variam entre música, teatro e recitais. Entre os destaques, estão o lançamento da terceira edição da BULI – Revista de Artes Cênicas do Conservatório de Tatuí, apresentações de grupos de artes cênicas do Conservatório de Tatuí, parte da programação de volta às aulas, e performances de artistas/coletivos com cessão aos espaços culturais Teatro Procópio Ferreira e Salão Villa-Lobos. Para apresentações realizadas no Teatro Procópio Ferreira, os ingressos podem ser retirados pela internet na plataforma INTI ou na bilheteria do teatro, de terça a sexta-feira, das 13h às 16h e das 17h às 20h.

Abrindo a programação, no dia 08 de fevereiro, às 20h, no Teatro Procópio Ferreira, será encenado o espetáculo “A mulher que estendia o tempo”. Sob a direção de Gabriel Bertin, a atriz Gisele Camargo protagoniza uma história que mergulha na essência humana, com entrada gratuita e classificação indicativa de 10 anos. No dia seguinte, também às 20h, o Teatro Procópio Ferreira será palco para o show do ‘Duo Gabriel e Bruno’, apresentando um repertório que mescla música brasileira e jazz tradicional. Os ingressos estão disponíveis por R$ 15, com meia-entrada a R$ 7,50.

No dia 15, às 19h, o Projeto Recanto Betel performa “A arte do amor”, uma viagem pelo mundo dos sonhos das crianças, com entrada solidária de 1 litro de leite ou 1kg de alimento não perecível, e classificação livre. No sábado, 17, às 20h, o recital “Prece” proporciona uma imersão musical com obras de renomados compositores, incluindo J. Bach, W. A. Mozart, P. Tchaikovsky, M. Ravel, Villa-Lobos e Alberto Nepomuceno. O evento, idealizado por Deborah Melissa, conta com a participação de mais três músicos e a entrada é gratuita para o público.

No dia 19, a partir das 16h30, no Setor de Artes Cênicas, o Teatro Juvenil do 3º ano 2023 encenará “Um poema espalhado no chão ou na perna de uma mesa”. Sob a direção de Dalila Ribeiro e Edmo Guimarães, os estudantes exploram o valor do artista em uma sociedade materialista, com entrada gratuita e classificação livre. No mesmo dia, às 19h30, no Teatro Procópio Ferreira, ocorre o concerto “Músicas do Mundo”, apresentando o resultado das oficinas do curso de férias ministrado por intercambistas do Projeto Move, com entrada gratuita.

No dia 20, o espetáculo “No fundo do mato-virgem – Narrativas sobre o começo”, mergulha em uma reflexão sobre narrativas, utilizando referências como “Macunaíma”, de Mário de Andrade e experiências pessoais dos estudantes. A entrada é gratuita, mas a classificação indicativa é de 12 anos. A programação continua na quarta-feira, 21, às 15h30, no Setor de Artes Cênicas, com uma aula inaugural sobre o Teatro de Sombras, ministrada pelo professor convidado Lucas Rodrigues. No mesmo dia, às 20h, na Praça do Museu Histórico Paulo Setúbal, o Teatro Adulto do 3º ano apresenta “Ubusada”, inspirado no texto teatral “Ubu Rei”, abordando questões contemporâneas com classificação indicativa de 18 anos. No Teatro Procópio Ferreira, também às 20h, ocorre o show “Pacífico”, com Luiza Gaião na voz, Mariana Leme no trompete, Bianca de Melo no violão e guitarra, Érica Dubá no contrabaixo e Gabriele Lima na bateria, apresentando canções autorais em uma fusão de sonoridades e linguagens visuais.

No dia seguinte, às 20h, o Teatro Adulto do 2º ano apresenta “It_Amar ou Uma cantoria explícita” (classificação indicativa: 14 anos), um espetáculo que explora o amor na obra de Itamar Assumpção, no Setor de Artes Cênicas, com entrada gratuita.  No mesmo horário, o Teatro Procópio Ferreira recebe o espetáculo “Lisbela e o Prisioneiro – O Musical Teatrando por aí” da Trupe Garagem & Cia de Teatro (classificação indicativa: livre). Os ingressos estão disponíveis por R$ 40, com meia-entrada a R$ 20.

No dia 23, às 20h, o Auditório da Unidade 2 será palco para o lançamento da terceira edição da BULI – Revista de Artes Cênicas do Conservatório de Tatuí. Sob a orientação do professor João Fabbro, a BULI busca conectar artistas e coletivos do interior do país, apresentando histórias, manifestações e experiências únicas de dezesseis cidades, nove estados e além. No mesmo dia, às 20h, no Teatro Procópio Ferreira, o show “Multiplicidades Brasileiras” por Cleyton Menezes Grupo oferece um encontro entre tradição e contemporaneidade. Com Marjorie Mariano no piano, Cleyton Menezes na bateria, Rafael Bazzanella no baixo e Thiago Pucci na guitarra, o grupo explora ritmos regionais brasileiros como frevo, chamamé, jongo, caboclinho, baião e maracatu. Os ingressos estão à venda por R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada).

Em seguida, no dia 24, o Duo Abaeté, composto por Míriam Braga e Milena Lopes, apresenta o recital ‘2 Pianos pelas Américas’. Com entrada gratuita e classificação indicativa livre, o duo traz uma jornada harmoniosa e envolvente pelas Américas, explorando a riqueza musical de diferentes regiões. No dia 29 de fevereiro, às 20h, o espetáculo “Armário de Vidro”, do Núcleo Encena, apresenta uma narrativa poética sobre o amor de Ian e Sebastian, explorando os desafios de um relacionamento marcado por preconceitos e medos. O recital será no Teatro Procópio Ferreira e os ingressos estão disponíveis por R$ 10,00, com entrada gratuita para estudantes e professores, e a classificação indicativa é de 16 anos.

Ingresso Solidário

Para contribuir com a Campanha Conserva Solidário, a doação de alimentos e agasalhos na entrada do Teatro Procópio Ferreira é muito bem-vinda. O que doar: alimentos não perecíveis (arroz, feijão, macarrão, café, açúcar, óleo, leite, farinha de trigo, molho de tomate, biscoitos/bolachas, milho de pipoca) e agasalhos (roupas e cobertores). As doações podem ser entregues nos espaços culturais ou nas unidades educacionais da instituição.


SERVIÇO
Agenda Cultural do Conservatório de Tatuí
www.conservatoriodetatui.org.br/programacao
Ingressos: https://conservatorio-de-tatui.byinti.com

 

**


Sobre o Conservatório de Tatuí: Fundado em 11 de agosto de 1954, o Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí – ou apenas Conservatório de Tatuí (SP), como é conhecido internacionalmente – é uma das mais respeitadas escolas de música e artes cênicas da América Latina. Oferece mais de 100 cursos regulares, livres e de aperfeiçoamento, todos gratuitos, nas áreas de Música Erudita (instrumentos, canto e regência), Música Popular Brasileira, Artes Cênicas e Luteria. Atende aproximadamente 2 mil alunos anualmente, vindos de todas as regiões do Brasil e, também, de outros países, como Argentina, Chile, Coreia do Sul, Equador, Estados Unidos, Japão, México, Peru, Portugal, Síria, Uruguai e Venezuela. É considerado uma das mais bem-sucedidas ações culturais do Estado, oferece ensino de excelência, com a missão de formar instrumentistas, cantores, atores, regentes, educadores e luthiers de alto nível. Sua importância no cenário musical é tão acentuada que garantiu à cidade de Tatuí o título de Capital da Música, aprovado por lei em janeiro de 2007. A instituição é gerida pela Sustenidos Organização Social de Cultura.

Sobre a Sustenidos: A Sustenidos é uma organização referência na concepção, implantação e gestão de políticas públicas na área de educação musical. Atualmente, é gestora do Complexo Theatro Municipal e do Conservatório de Tatuí, além dos projetos especiais: Musicou, MOVE, Ethno Brazil e Imagine Brazil. De 2004 a 2021, também foi gestora do Projeto Guri, maior programa sociocultural brasileiro. Eleita a Melhor ONG de Cultura em 2018, a Sustenidos conta com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, de prefeituras, empresas e pessoas físicas. As instituições interessadas em investir na Sustenidos podem contribuir por verba livre ou através das Leis de Incentivo à Cultura (Federal e Estadual). Pessoas físicas também podem ajudar de diferentes maneiras. Saiba como contribuir no site da Sustenidos.


Site: VSEIS