Institucional 6
Institucional 5
Institucional 4
Institucional 3
Institucional 2
Banner Institucional 1

Orquestra de Cordas Infantojuvenil do Conservatório de Tatuí

Orquestra de Cordas Infantojuvenil do Conservatório de Tatuí

A Orquestra de Cordas Infantojuvenil do Conservatório de Tatuí conta com, em média, 50 integrantes. São alunos a partir dos 12 anos de idade que frequentam os cursos de instrumentos da área de cordas do Conservatório de Tatuí, do 4º ao 6º semestres. A participação na Orquestra de Cordas Infantojuvenil é uma disciplina obrigatória a todos os alunos da área de cordas. Os ensaios ocorrem duas por semana, com duas horas de duração. A participação na orquestra é parte da formação e profissionalização dos instrumentistas de cordas. Ao integrar o grupo, os alunos começam a adquirir experiência para seu futuro musical.
Nos últimos anos, a Orquestra de Cordas Infantojuvenil do Conservatório de Tatuí tem participado de importantes eventos. Além das apresentações pedagógicas, que ocorrem a cada bimestre na instituição, o grupo faz apresentações externas. Entre as mais importantes está o concerto apresentado no IV Encontro Internacional de Cordas do Conservatório de Tatuí (2011). Nos concertos realizados, é importante destacar que o grupo recebe solistas, aumentando a integração entre os diferentes instrumentos, como trompa, violão e harpa entre outros; e incrementando a experiência dos integrantes.
Dando ênfase ao aprendizado dos alunos-instrumentistas, o grupo trabalha repertório focado em métodos de formação de orquestra de câmara, além de repertório de diferentes períodos, desde a Renascença até obras contemporâneas e música brasileira.

Celina Charlier

Celina Charlier

Nascida em São Paulo em 1974, iniciou seus estudos musicais em 1985 e sua carreira como flautista aos 15 anos de idade. Há 18 anos professora da New York University (NYU), a flautista, regente e arranjadora mantém intensa carreira internacional. Apresenta-se e leciona no Brasil, Estados Unidos, Argentina, Uruguai, México, Itália, França, Suíça, Inglaterra, Malta, Sri Lanka, Índia e Emirados Árabes Unidos. Em 2010, foi convidada para criar e dirigir o departamento e o programa de música da primeira universidade global do mundo, a New York University Abu Dhabi (com alunos de mais de 100 países), onde foi Diretora de Performance Musical por quatro anos. Nos últimos 15 anos, foi regente titular de orquestras e corais da NYU, direcionando seu trabalho às intersecções entre música, performance e educação, pois acredita que amizade gera música e música gera amizade. Em 2018, assume as Orquestras de Cordas Infantil, Infantojuvenil e Juvenil do Conservatório de Tatuí.

« voltar | Topo da página ↑
Site: Agência Digimeta