Institucional 6
Institucional 5
Institucional 4
Institucional 3
Institucional 2
Banner Institucional 1

Processo seletivo – Vaga: PSICÓLOGO(A)

Cargo: Psicólogo(a)

Regional: Conservatório de Tatuí / Núcleo: Desenvolvimento Social

 

Descrição:

A(O) Psicóloga(o) comporá a equipe interdisciplinar do Conservatório de Tatuí, composta pelas áreas social, pedagógica e artística, desenvolvendo ações para a melhoria da qualidade do processo de ensinoaprendizagem e mediação das relações sociais e institucionais conforme as diretrizes definidas pela Superintendência de Desenvolvimento Social (SUDS), em consonância com as orientações da Gerência Geral do Conservatório de Tatuí. Atribuições da(o) Psicóloga(o): Compete à(ao) Psicóloga(o), em sua área de atuação, considerar os contextos sociais, educacionais e o Projeto Político-Pedagógico do Conservatório de Tatuí, em articulação com a(o) profissional de Serviço Social e com as áreas pedagógica e artística, desempenhando as seguintes atribuições: A inserção da(o) psicóloga(o) no âmbito das equipes interdisciplinares do Conservatório de Tatuí, busca assegurar que alunas(os) e suas famílias tenham, por meio de orientação e apoio, acesso aos seus direitos expresso pela política pública de cultura, além das demais políticas sociais. Adicionalmente, busca-se que os conhecimentos acumulados nessa profissão estejam à disposição de toda a equipe do Conservatório e unidades, de modo a compreender a produção histórica e cotidiana da desigualdade e seus impactos nas relações entre as crianças, adolescentes, jovens e suas famílias com os serviços públicos e nos seus territórios de vivência. Desse modo, espera-se desses profissionais o desenvolvimento de ações como:

Participar, juntamente com as(os) demais profissionais do Conservatório, da elaboração dos projetos pedagógicos, planos e estratégias, a partir do conhecimento técnico específico, na perspectiva da promoção da aprendizagem de todas(os) as(os) alunas(os), considerando suas características peculiares;

Participar dos diálogos e reuniões das equipes do Conservatório, de modo a colaborar para a compreensão coletiva das desigualdades existentes nos territórios de abrangência da Instituição;

Propor e colaborar com ações de formação continuada de profissionais da Instituição sobre questões que colaborem com a maior compreensão da desigualdade presente no município e/ou no território de atuação do Conservatório e suas unidades;

Orientar as equipes pedagógicas e artísticas na promoção de ações que auxiliem na integração família – educando – Conservatório e nas ações necessárias à superação de estigmas que comprometam o desempenho educacional da(o) aluna(o);

Atuar na implementação das diretrizes institucionais de combate ao racismo, machismo, homofobia, transfobia, e todo e qualquer tipo de preconceito, discriminação e intolerância, visando a construção de um ambiente de respeito a diversidade;

Desenvolver estratégias de identificação de situações de violação de direitos, tais como: violência, uso abusivo de drogas, gravidez na adolescência, homofobia, racismo, discriminação/exclusão de pessoas com deficiência, dentre outras violações e atuar para assegurar inserção em políticas públicas

Atuar na direção da articulação da Rede de Proteção local, visando fortalecer as relações entre os serviços de diferentes políticas públicas, de modo a assegurar acesso aos direitos das(os) alunas(os) e suas famílias;

Realizar avaliação psicológica a partir das necessidades específicas identificadas no processo educativo;

Promover ações voltadas à integração de alunas(os) PCD’s, entre elas a acessibilidade dos espaços;

Colaborar com o conhecimento técnico específico na elaboração de projetos de educação e orientação profissional;

Contribuir no fortalecimento dos vínculos entre a equipe das unidades do Conservatório, com alunas(os) e suas famílias, por meio de estratégias participativas grupais;

Contribuir, em conjunto com as demais áreas do Conservatório e unidades, no enfrentamento a situações de conflitos entre alunas(os), familiares e destes com as equipes;

Desenvolver ações de busca ativa, em caso de evasão de alunas(os), com vistas a identificar situações de desproteção ou violação de direitos que estejam impedindo a frequência à unidade;

Atuar junto às famílias no enfrentamento das situações de ameaça, violação e não acesso aos direitos humanos e sociais.

Local de Trabalho: Tatuí – SP

Exigências Profissionais: Registro no CRP vigente e é desejável especialização em Psicologia Escolar e Educacional.

Benefícios: VT,  Assistência Médica, Seguro de Vida e VR.

Carga horária: 40 horas semanais

Faixa Salarial: de R$4.000,00 a 4.500,00

VAGA TAMBÉM PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

 

CANDIDATE-SE:
CLIQUE AQUI E CADASTRE SEU CURRÍCULO!