Institucional 4
Institucional 3

Clube do Choro do Conservatório de Tatuí convida Trio Código Ternário para show gratuito na Praça da Santa

Formado por Gustavo Bali (pandeiro), Carrapicho Rangel (bandolim 10 cordas) e César Roversi (saxofone), o grupo apresenta-se nesta sexta-feira, dia 5, às 17 horas

Clube do Choro do Conservatório de Tatuí convida Trio Código Ternário para show gratuito na Praça da Santa

03/11/2021

O Clube do Choro do Conservatório de Tatuí traz para a Capital da Música o Trio Código Ternário, que fará um show gratuito nesta sexta-feira, dia 5, às 17 horas, na Praça Martinho Guedes (Praça da Santa). O Código Ternário é conhecido por desafiar o lugar comum dos instrumentos, deslocando-os de sua função usual e explorando-os ora como solistas, ora como acompanhadores. Com formação diferenciada, que combina pandeiro, bandolim 10 cordas e saxofone soprano, o trio propõe uma mistura extraída da tradicional música brasileira em fusão com o jazz e com a música latina. O evento é uma iniciativa do Conservatório de Tatuí – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo de São Paulo, considerado a maior escola de música e teatro da América Latina – em parceria com a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude.

O Código Ternário iniciou, em 2011, sua busca por novos sons através desta formação peculiar, que reúne Gustavo Bali (pandeiro), Carrapicho Rangel (bandolim 10 cordas) e César Roversi (saxofone). O grupo propõe uma mistura extraída da tradicional música brasileira em fusão com o jazz e com a música latina. Suas composições e arranjos exploram o virtuosismo e dão espaço para a criatividade através da improvisação. Em 2015, o grupo lançou seu primeiro CD “Intensidade”, em Paris (França), e em 2017, o novo álbum “Quarteto Ternário” é lançado na Colômbia, onde também foram realizados, shows, workshops e oficinas musicais.

Em sua trajetória, o Código Ternário contou com participações especiais de grandes músicos, como Caíto Marcondes e Silvano Michelino (percussão), Arismar do Espirito Santo (multi-instrumentista), André Marques (pianista, Hermeto Pascoal e Grupo), Fernando Corrêa (guitarra), Gian Corrêa (violão de sete cordas), Carlos Malta (saxofone), Sandamí (cantor e percussionista), Nicolas Krassik (violino – FRA/BRA), Raul Mascarenhas (saxofone BRA/FRA), Pachito Muñoz (Flauta – COL) e, em seu segundo CD – Quarteto Ternário – teve a participação especial do músico e compositor Gabriel Grossi (Gaita).

​​Dentre os palcos em que se apresentou, destacam-se Sesc Consolação – Programa Instrumental Sesc Brasil, Festival de Choro do Sesc Ipiranga, Mostra Sesc Cariri, realizada na cidade de Crato (CE), Oficina de Música de Curitiba, Festival de Choro de Avaré, Casa do Choro de Ribeirão Preto, Projeto Brasil Instrumental,  Club Du Choro de Paris/FR, Universitè de Saint-Denni, Paris/FR, 11º Fiesta Del Libro y De La Cultura, Medellín/Colombia, Universidad de Antioquia, Medellín/Colombia e Conservatório de Girardota/Colômbia.​

“Além de promover a difusão do Choro com artistas locais, o Clube do Choro do Conservatório de Tatuí é trazer para a cidade grupos e músicos que praticam este gênero para promover a troca de experiências e conhecimentos com nossos alunos, alunas, professores e professoras, e oferecer ao público de Tatuí e região o que há de melhor neste importante estilo musical. E este show é o primeiro de uma série. Teremos Choro das Três na próxima semana e várias outras atrações já em negociação para o ano que vem”, afirma Renato Bandel, gerente artístico do Conservatório de Tatuí.

SERVIÇO
Clube do Choro do Conservatório de Tatuí apresenta
TRIO CÓDIGO TERNÁRIO
Gustavo Bali, pandeiro
Carrapicho Rangel, bandolim 10 cordas
César Roversi, saxofones
Data: 05 de novembro de 2021, sexta-feira
Horário: 17h
Local: Praça Martinho Guedes (Praça da Santa) – Tatuí-SP
Evento gratuito

 

Patrocinadores Sustenidos: Microsoft e Visa
Apoio institucional: Instituto ACP
Parceiro internacional: JM International

Sobre o Conservatório de Tatuí: Fundado em 11 de agosto de 1954, o Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí – ou apenas Conservatório de Tatuí (SP), como é conhecido internacionalmente – é uma das mais respeitadas escolas de música da América Latina. Oferece mais de 100 cursos gratuitos nas áreas de Música Erudita (instrumentos, canto e regência), Música Popular Brasileira, Artes Cênicas e Luteria. Atende aproximadamente 2.000 alunos anualmente, vindos de todas as regiões do Brasil e, também, de outros países, como Argentina, Chile, Coreia do Sul, Equador, Estados Unidos, Japão, México, Peru, Portugal, Síria, Uruguai e Venezuela. É considerado uma das mais bem-sucedidas ações culturais do Estado, oferece ensino de excelência, com a missão de formar instrumentistas, cantores, atores, regentes, educadores e luthiers de alto nível. Sua importância no cenário musical é tão acentuada que garantiu à cidade de Tatuí o título de Capital da Música, aprovado por lei em janeiro de 2007. A instituição é mantida pelo Governo do Estado de São Paulo e por empresas patrocinadoras, por meio de leis de incentivo fiscal, sob a gestão da Sustenidos Organização Social de Cultura.

Sobre a Sustenidos: Eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, a Sustenidos é a organização responsável pelos programas Projeto Guri, Som na Estrada, Musicou e MOVE (Musicians and Organizers Volunteer Exchange); pelos festivais Ethno Brazil e Imagine Brazil; além do Conservatório Dramático e Musical de Tatuí e do Theatro Municipal de São Paulo. No Projeto Guri desde 2004, é responsável pela gestão do programa de ensino musical no litoral e no interior do Estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo, a Sustenidos conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Sustenidos, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm suporte fiscal da Lei Federal de Incentivo à Cultura e do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: www.sustenidos.org.br/pessoa-fisica/