Institucional 4
Institucional 3

Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí apresenta-se neste sábado na Praça da Matriz com convidados

O concerto será às 14h, com participação do trompetista Matias Nieva e do maestro convidado Marcelo Jardim, com apresentação das primeiras obras do projeto “A Banda do Villa”

Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí apresenta-se neste sábado na Praça da Matriz com convidados

26/11/2021

A Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí fará um concerto presencial e gratuito neste sábado, dia 27, na Praça da Matriz de Tatuí. O evento terá participação do trompetista convidado Matias Nieva e, também, do maestro convidado Marcelo Jardim. No repertório, destacam-se as primeiras obras do projeto “A Banda do Villa”, uma iniciativa de Marcelo Jardim que promove a restauração de partituras escritas por Heitor Villa-Lobos para banda, com adaptação da instrumentação para bandas sinfônicas. O concerto integra a programação da 60ª Semana da Música do Conservatório de Tatuí e, também, do Festival Capital da Música “Maestro Antônio Carlos Neves Campos”, realizado pela Prefeitura Municipal. O Conservatório de Tatuí é uma instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, considerado a maior escola de música e artes cênicas da América Latina.

De acordo com o regente da Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí, Marco Almeida Jr., o concerto terá duas partes. Na primeira, serão interpretadas as obras “El Camino Real” (Alfred Reed), “Oblivion/Adiós Nonino” (Astor Piazzolla) e “American Jazz Suite” (Allen Vizutti), com solos do trompetista convidado Matias Nieva – um dos músicos mais versáteis e ativos do cenário musical ibero-americano, improvisador,  solista  internacional,  fundador  e  criador  do  Trumpet  Fest  Argentina, Empreendedor Digital Pioneiro no ensino de trompete online.

Participou de diversos grupos, entre eles: Orquestra Estável do Teatro Argentino de La Plata, Orquestra Sinfônica Nacional Argentina, Orquestra Estável do Teatro Colón, OLV (Orquestra de Sopros Latino-americana Manizales (Colômbia), Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto Orquestra (Brasil), dentre outros. Participou de diversos musicais, dentre eles, Sweeney Todd (2010), The Sound Of Music (2011), My Fair Lady (2013), Chicago (2013), Company (2013), Ghost The Musical (2015), Shrek The Musical (2015), Sunset Boulevard (2018), Bang on a Can (Nova York), Lontano (Londres), Lucilin Ensamble (Luxemburgo) entre muitos outros.

Também atua como professor em vários festivais e áreas de ensino, BACHFEST Cochabamba – Bolívia, FIM (Festival Internacional de Música) Loja – Equador, UNASP Universidade Adventista de Hortolândia – Brasil, Festival de Trombeta – Chile, Festival de Trompete do Vale do Itajaí – Brasil, Workshop USP (Universidade de São Paulo) – Brasil, Festival de Trompete de Jazz – Brasil e Festival Internacional de Trompete de Rafael Mendez – México. Após 20 anos de experiência como professor, teve a iniciativa de inovar e criar o curso de trompete mais completo que existe no mercado. Dando assim, oportunidade a todas as pessoas de terem conhecimento sobre trompete e de tocar este instrumento com grande facilidade.

Projeto “A Banda do Villa”

Na segunda parte do programa, a Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí recebe o maestro convidado Marcelo Jardim, coordenador da Parceria Arte de Toda Gente Funarte-UFRJ e do projeto “A Banda do Villa”, que restaura obras de Heitor Villa-Lobos compostas para banda. Ele conduzirá o grupo na execução das primeiras obras do projeto.

“A obra de Villa-Lobos para banda de música é idiomática e teve grande importância como suporte artístico e pedagógico para as bandas de música durante o programa de educação musical, coordenado pelo compositor e desenvolvido entre 1932 e 1945, no Rio de Janeiro e em algumas outras cidades do Brasil. Villa considerava a banda como meio de expressão artística e de fácil movimentação para os grandes eventos que foram organizados, através das concentrações orfeônicas. Foram produzidos inúmeros hinos, marchas, canções patrióticas, cívicas ou de estímulo à profissão e ao trabalho, canções folclóricas e canções populares, entre obras originais, arranjos e transcrições de obras de outros autores, compostas ou arranjadas no período de 1912 a 1945”, comenta Marcelo Jardim.

Desde 2011, o maestro Marcelo Jardim desenvolve um estudo aprofundado sobre o tema, o que resultou em uma tese com o processo de investigação dos caminhos que o compositor trilhou para escrever tais obras, os estilos musicais retratados e o tipo de escrita direcionada à banda de música/banda sinfônica. O projeto objetiva a restauração das partituras de cada uma das obras, mantendo suas características originais mas com atualização da instrumentação para a banda sinfônica, e utilização do conceito principal do compositor em se observar a banda como um dos mais importantes fatores de educação musical e expressão artística.

“Todo o processo se propõe a ser um elemento de transmissão aos dias atuais da visão de Villa-Lobos sobre a banda de música e a banda sinfônica, além de tornar o patrimônio acessível às bandas do Brasil e do mundo. O conjunto de obras representa um dos mais importantes exemplos do que se produziu para bandas de música na primeira metade do século XX no Brasil, e com a assinatura musical de um dos mais significativos compositores mundiais”, acrescenta o maestro.

As obras executadas serão “Pro Pax”, “Brasil Novo”, “Cantar para Viver” e “Desfile aos Heróis do Brasil”, sob a regência de Marcelo Jardim.

SERVIÇO
Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí
Matias Nieva, trompetista convidado
Marcelo Jardim, maestro convidado
Marco Almeida Jr., regência
Data: 27 de novembro de 2021, sábado
Horário: 14h
Local: Praça da Matriz, Centro, Tatuí-SP
Evento gratuito

 

Patrocinadores do Conservatório de Tatuí:
Patrocinador Ouro:
CSN Companhia Siderúrgica Nacional
Patrocinador Prata: Visa

Patrocinadores Sustenidos: Microsoft e Visa
Apoio institucional: Instituto ACP
Parceiro internacional: JM International

Sobre o Conservatório de Tatuí: Fundado em 11 de agosto de 1954, o Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí – ou apenas Conservatório de Tatuí (SP), como é conhecido internacionalmente – é uma das mais respeitadas escolas de música e artes cênicas da América Latina. Oferece mais de 100 cursos gratuitos nas áreas de Música Erudita (instrumentos, canto e regência), Música Popular Brasileira, Artes Cênicas e Luteria. Atende aproximadamente 2.000 alunos anualmente, vindos de todas as regiões do Brasil e, também, de outros países, como Argentina, Chile, Coreia do Sul, Equador, Estados Unidos, Japão, México, Peru, Portugal, Síria, Uruguai e Venezuela. É considerado uma das mais bem-sucedidas ações culturais do Estado, oferece ensino de excelência, com a missão de formar instrumentistas, cantores, atores, regentes, educadores e luthiers de alto nível. Sua importância no cenário musical é tão acentuada que garantiu à cidade de Tatuí o título de Capital da Música, aprovado por lei em janeiro de 2007. A instituição é mantida pelo Governo do Estado de São Paulo e por empresas patrocinadoras, por meio de leis de incentivo fiscal, sob a gestão da Sustenidos Organização Social de Cultura.

Sobre a Sustenidos: Eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, a Sustenidos é a organização responsável pelos programas Projeto Guri, Som na Estrada, Musicou e MOVE (Musicians and Organizers Volunteer Exchange); pelos festivais Ethno Brazil e Imagine Brazil; além do Conservatório Dramático e Musical de Tatuí e do Theatro Municipal de São Paulo. No Projeto Guri desde 2004, é responsável pela gestão do programa de ensino musical no litoral e no interior do Estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo, a Sustenidos conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Sustenidos, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm suporte fiscal da Lei Federal de Incentivo à Cultura e do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: www.sustenidos.org.br/pessoa-fisica/