Secretaria da Cultura
Institucional 6
Institucional 5
Institucional 4
Institucional 3
Institucional 2
Banner Institucional 1

Jazz Combo apresenta sucessos da MPB nos anos 60 e 70

Grupo do Conservatório de Tatuí homenageia movimento mineiro “Clube da Esquina” na próxima quarta-feira, 2 de maio, às 20h00, no Teatro Procópio Ferreira

Jazz Combo apresenta sucessos da MPB nos anos 60 e 70

O grupo Jazz Combo do Conservatório de Tatuí – instituição da Secretaria da Cultura do Estado – apresenta, na próxima quarta-feira, 2 de maio, uma seleção de sucessos da música popular brasileira que se destacaram entre as décadas 1960 e 1970. Acompanhados de convidados, os músicos sobem ao palco do Teatro Procópio Ferreira a partir das 20h00. Ingressos já estão disponíveis na bilheteria.

De acordo com o baterista do grupo, Everton Barba, o concerto será uma homenagem ao movimento musical “Clube da Esquina”, que nasceu entre as décadas de 1960 e 1970 em Minas Gerais, com composições de Milton Nascimento e dos irmãos Lô, Márcio e Marilton Borges. Das reuniões entre amigos, surgiram canções inovadoras, que misturavam elementos da Bossa Nova com jazz, rock, música erudita e folclórica.

Nesta apresentação, o programa traz canções como “Clube da esquina II”, de Lô Borges, Marcio Borges e Milton Nascimento; “Tanto”, de Beto Guedes e Ronaldo Bastos; “Céu de Brasília”, de Toninho Horta e Fernando Brant; “A sede do peixe”, de Milton Nascimento e Marcio Borges; “Nascente”, de Flavio Venturini; “Tudo o que você podia ser”, de Lô e Márcio Borges.

O repertório segue com “Nuvem cigana”, de Lô Borges e Ronaldo Bastos; “Boi”, de Nelson Angelo; “Nada será como antes”, de Milton Nascimento e Ronaldo Bastos; “Paixão e fé”, de Tavinho Moura e Fernando Brant; “Minas Train”, “Gershwin” e “Vôo dos urubus”, de Toninho Horta; “Credo”, de Milton Nascimento e Fernando Brant.

O grupo Jazz Combo foi criado em 1992 com a missão de pesquisar repertório, estudar, resgatar, praticar e divulgar a música instrumental a partir de uma formação não-convencional. O termo “Combo” vem de “combinação”, justamente por fundir MPB e jazz. É um trabalho inovador, arrojado e que já rendeu inúmeras composições e arranjos inéditos.

O grupo realizou dezenas de apresentações em Sescs e teatros de São Paulo e do interior, além de festivais realizados nos municípios de Londrina, Ourinhos e Tatuí – em eventos respeitados como o “Chorando sem Parar” e o “Brasil Instrumental”, este último um dos mais importantes dos últimos tempos no Estado de São Paulo. Muitas dessas apresentações ocorreram ao lado de convidados renomados, como Monica Salmaso, Proveta, Teco Cardoso, Paulo Freire, Vinícius Dorin, Nenê, além dos trompetistas americanos Ed Sarath e Daniel Barry.

A Jazz Combo é formada por músicos profissionais, professores e alunos bolsistas de nível avançado dos cursos de MPB/Jazz do Conservatório de Tatuí. Nesta apresentação, o grupo traz Everton Barba (bateria), Felipe Brisola (contrabaixo acústico), Léo Ferrarini (piano), Fabio Leal (Guitarra), Thâmara Nascimento (clarinete), Aika Shimada (saxofone), Alcides Junior e Amanda Mara (canto).

Apoio cultural – O Conservatório de Tatuí orgulha-se em contar com apoio cultural de CCR SPVias e Coop.

SERVIÇO
Jazz Combo do Conservatório de Tatuí
Everton Barba, bateria
Felipe Brisola, contrabaixo acústico
Léo Ferrarini, piano
Fábio Leal, professor convidado
Aika Shimada, Alcides Junior, Amanda Mara e Thâmara Nascimento, alunos convidados
Data: 02 de maio, quarta-feira
Horário: 20h00
Local: Teatro Procópio Ferreira
Rua São Bento, 415, Centro, Tatuí/SP
Ingressos: R$12 (meia-entrada R$ 6)


Agência Digimeta