Institucional 6
Institucional 5
Institucional 4
Institucional 3
Institucional 2
Banner Institucional 1

Big Band do Conservatório de Tatuí homenageia Maestro Branco

Concertos nos dias 18 e 31 de maio trazem seleção de arranjos de José Roberto Branco, importante nome da música popular brasileira

Big Band do Conservatório de Tatuí homenageia Maestro Branco

16/05/2019

A Big Band do Conservatório de Tatuí – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo – fará dois concertos neste mês em homenagem ao Maestro José Roberto Branco, nome consagrado da música popular brasileira e que tem forte ligação com a escola tatuiana. O primeiro concerto será neste sábado, dia 18, às 11h, na Praça da Matriz de Tatuí, pelo projeto Música na Praça. O segundo será no dia 31, sábado, às 20h, no Teatro Procópio Ferreira, com entrada gratuita.

Segundo o coordenador do grupo, Cláudio Sampaio “Cambé”, José Roberto Branco “é o mais veemente exemplo de como a singeleza e a simplicidade do ser humano podem andar de mãos dadas com a excelência e a engenhosidade no mais intrincado grau de genialidade musical. Pois assim é o trompetista, regente, compositor e arranjador ‘Maestro Branco’, como gosta de ser chamado. Seus arranjos e composições são de tirar o fôlego do ouvinte mais exigente da música instrumental, seja ela popular ou erudita. Temos uma grande responsabilidade em representá-lo no palco e sentimos isso desde o primeiro acorde desta jornada”.

Para homenageá-lo, o grupo preparou um repertório com alguns dos mais belos arranjos escritos pelo Maestro Branco, incluindo “Abertura”, “Consolação” (Baden Powell e Vinicius de Moraes), “Esquina” (Elias Almeida), “Ave rara” (Edu Lobo), “O bêbado e o equilibrista” (João Bosco e Aldir Branc), “O trenzinho do caipira” (Heitor Villa-Lobos), “Sambita” (J. Gelardo e J. Almário), “Carinhoso” (Pixinguinha) e “Disparada” (Theo de Barros e Geraldo Vandré).

maestro branco
José Roberto Branco

Iniciou seus estudos na cidade natal, Pederneiras/SP, posteriormente em São José do Rio Preto, onde aprendeu teoria, solfejo e harmonia. Em São Paulo, cursou harmonia modal, composição, improvisação e harmonia de jazz com Claudio Leal, contraponto modal com H. J. Koellreutter. Paralelamente, pesquisou a música indígena, as raízes africanas, a música dos jesuítas e a influência europeia na música brasileira.

Atuou como arranjador e diretor musical, gravando discos com diversos artistas e intérpretes de renome, dentre eles Tim Maia, Fábio Júnior, Raul de Souza, Banda Mantiqueira, Orquestra Sinfônica de São Paulo (Osesp), Elizete Cardoso, Angela Maria, Nana Caymmi, Wilson Simonal e Jair Rodrigues, com quem fez turnê pelos Estados Unidos, além de se apresentar em “O Beco” (SP) e em programas da TV Tupi.

Ainda como arranjador, participou do “Projeto Arranjadores”, dirigiu orquestras como a do Festival dos Festivais (Rede Globo), que teve Cezar Camargo Mariano como diretor musical e Roberto Talma como diretor artístico; “Festival de Música” na TV Record e a orquestra do “Cassino Bellys” em San Reno (EUA). Gravou dois discos com a Banda Savana, criada por ele, e o disco “Arranjadores” ao lado de Ciro Pereira, Maestro Cipó, Duda do Recife, Nelson Ayres e Moacir Santos. Hoje, aos 81 anos, enfrenta graves problemas de saúde e conta com o apoio e donativos de parentes e amigos.

Big Band do Conservatório de Tatuí

O grupo foi criado em 1975 com o objetivo de unir alunos e professores da instituição para a prática de big band, apresentando repertório tradicional para esse tipo de formação. No final da década de 1970, tornou-se grupo independente, retornando à instituição em 1998. Em 2005, realizou sua primeira apresentação internacional, no 1º Festival Internacional de Jazz (Assunção/Paraguai). Em 2006, lançou o CD “Big Band SamJazz – 30 anos”. Por ter uma formação versátil, o grupo interpreta grande variedade de gêneros musicais – de músicas para bailes dançantes à musica instrumental contemporânea, do jazz tradicional à música brasileira de vanguarda.

Já acompanhou cantores como Leny Andrade, Tânia Alves, Benito di Paula e Décio Cardoso. Apresentou-se também ao lado de importantes instrumentistas, como Nailor Proveta, Vinícius Dorin, Vittor Santos, Gilson Peranzzetta, Mauro Senise, Nelson Faria, Maestro Branco, Mario Campos, Ademir Jr, Marcelo Coelho, Rafael Rocha, Moisés Alves, além dos norte-americanos Rex Richardson, Adam Rapa e Daniel Barry (trompetistas) e Miles Osland (saxofonista), entre outros.

SERVIÇO
Big Band do Conservatório de Tatuí
Projeto Música na Praça
Cláudio Sampaio “Cambé”, coordenação
Data: 18 de maio, sábado
Horário: 11h00
Local: Praça da Matriz de Tatuí-SP

Data: 31 de maio, sexta-feira
Horário: 20h00
Local: Teatro Procópio Ferreira
Rua São Bento, 415, Centro, Tatuí-SP
Entrada gratuita