Institucional 6
Institucional 5
Institucional 4
Institucional 3
Institucional 2
Banner Institucional 1

Grupo de Saxofones do Conservatório de Tatuí

Grupo de Saxofones do Conservatório de Tatuí

O grupo surgiu em 2014 dentro da Oficina de Performance e Repertório para Saxofone, matéria vinculada ao Curso de Saxofone Erudito desta escola, sua proposta didática possibilita aos alunos de saxofone, o desenvolvimento da prática orientada em naipe de saxofones, promovendo a consequente ampliação cultural dos alunos com relação ao repertório deste instrumento, permitindo a atuação em divers as combinações instrumentais envolvendo os tipos de saxofones, bem como o conhecimento das possibilidades expressivas deste instrumento em obras originais e adaptadas.

Marcos Pedroso

Marcos Pedroso

Spalla da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, é professor de saxofone e coordenador da Oficina de Performance e Repertório para Saxofones do Conservatório de Tatuí e líder do Saxofonia – quarteto de saxofones, com o qual lançou o CD “Saxofonia”. Pós-graduado em Metodologia do Ensino da Música, há mais de duas décadas desenvolve contínuo e intenso trabalho em pesquisa, ensino e divulgação do repertório original para saxofones, com ênfase na música brasileira. Atuou como professor de saxofone do 29º e 30º Festival de Inverno de Campos de Jordão, 2º e 7º Cursos de Férias do Conservatório de Tatuí, entre outros. Como solista em gravações, participou da coleção “Solos” e do CD “Suíte Tropical” da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo. Em concertos, atuou como solista frente aos principais grupos sinfônicos do Estado de São Paulo. Desde 1999 colabora como saxofonista convidado da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP), tendo realizado com este grupo três turnês brasileiras e cinco turnês internacionais, tocando em salas como Royal Albert Hall (Londres), Phillarmonie (Colônia), Musicferrein (Viena) e Avery Fischer Hall (USA) e Colón (ARG). Com a OSESP gravou para o selo BIS, três CDs com a integral dos “Choros” de Villa-Lobos, o CD “Floresta do Amazonas”, o DVD “São Paulo Samba” e do CD do trompetista norueguês Ole Edvard Antonsen, colhendo em suas atuações junto à OSESP críticas elogiosas no New York Times e do presidente da gravadora BIS, Robert Von Bahr. Em março de 2013 dividiu com Claude Delangle e Sofia Zumbado o recital de abertura do I Congresso Latino Americano de Saxofonistas realizado na Costa Rica e em outubro realizou sua 5ª turnê internacional com a Osesp. Junto a Erik Heimann organiza o Encontro Internacional de Saxofonistas do Conservatório de Tatuí.

« voltar | Topo da página ↑
Site: Agência Digimeta